Quarta-Feira, 20 de Fevereiro de 2019 Redação: (45) 9.9800-7080

Mapeamento identifica mais de 230 Iniciativas Culturais em Toledo

Toledo | 11/02/2019 | 17:33 | | Fotos: Divulgação

Como já dizia Aristóteles: “A arte imita a vida”. A arte, em si, é pautada, discutida e, por muitas vezes, questionada. A vida também de uma forma mais bruta e técnica. A natureza do “ser humano” o torna um ser político. A arte é usada como um meio estratégico para vencer as dificuldades impostas pela vida. 

Nesse contexto, uma ação realizada em Toledo teve como objetivo identificar alguns movimentos culturais que agitam e mudam o contexto cultural da cidade. Em Toledo, por meio do projeto Fortalecendo Redes Culturais, foram identificados 237 artistas, agentes, produtores e realizadores culturais, representações de grupos e organizações diversas. 

No município, a atividade reuniu pessoas com interesse em oficinas de temas voltados para a cultura, projetos e políticas culturais e teve como sede o Centro de Artes e Esportes Unificados de Toledo (CEU), disponibilizado pela Secretaria Municipal de Cultura de Toledo. O Fortalecendo Redes Culturais é um projeto financiado pelo IFCD (International Fund for Cultural Diversity) da UNESCO em parceria com o CEBRAP. 

Neste último sábado (9), no auditório da Acary de Oliveira, anexo a Prefeitura, foi realizado o encerramento do projeto. O evento contou com a presença dos pesquisadores que estão sendo financiados pelo Fundo de Diversidade Cultural da UNESCO, Ana Paula do Val e Danilo Oliveira, Vereadores Municipais, Secretários, Diretores e Coordenadores. Além da comunidade cultural da cidade. 

Foram três meses para o desenvolvimento de todas as etapas. Em novembro de 2018 aconteceu a formação de 20 agentes culturais gratuitamente no CEU das Artes. Destes, cinco foram selecionados para a realização da segunda etapa que consistiu no “mapeamento cultural” do município. Basta clicar aqui para ter acesso a este mapeamento. 

Durante o evento, os multiplicadores culturais do projeto fizeram o lançamento da “Rede de Cultura da cidade de Toledo”, onde uma série de propostas foram apresentadas para um maior desenvolvimento das políticas públicas culturais do município e do desenvolvimento das linguagens artísticas e agentes das esferas culturais e socioambientais. 

A Multiplicadora Cultural, Isabela Olsen, destaca que será criado uma agenda de encontros culturais mensais. “Essa é uma proposta com diálogos temáticos e espaço para diversas exposições e apresentações artísticas da cidade e região, pois já estamos nos articulando com gestores da Rede Regional de Cultura, vinculada a Itaipu e que contempla cerca de vinte e nove municípios do Paraná, queremos democratizar e rechear o calendário de eventos do município, além de poder ampliar nossas Políticas Públicas Culturais e avançar ainda mais como cidade em referência cultural no estado do Paraná, aliando criatividade, desenvolvimento econômico, turístico e responsabilidade socioambiental”, explica. 

A fim de firmar e continuar dando o suporte necessário, o Secretário de Cultura de Toledo, Odemilson Elias dos Santos, informa que este é um projeto que revoluciona o jeito de se pensar cultura. “Este é um projeto com amplas ideias, que deve ser discutido diariamente. Com essa ação, o meio cultural em Toledo se reforça e se molda aos grandes centros culturais do Brasil. Somos referência em várias áreas culturais e pretendemos dar o auxílio possível para esses agentes”, salienta.

 

“Multiplicadores Culturais” de Toledo

Os agentes multiplicadores do município são Cristiane Candido; Fernanda Fetter, empresária, arte educadora; Isabela Olsen; Mariana Gouveia; Otávio Augusto.

 
Grupo do Toledo News no WhatsApp
Receba as principais notícias do dia direto no seu celular.
INSCREVA-SE NA NOSSA NEWSLETTER E RECEBA AS PRINCIPAIS NOTÍCIAS POR E-MAIL