Terça-Feira, 16 de Julho de 2019 Fale Conosco Redação: (45) 9.9800-7080
CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

Apenas 9% das promessas de doações a Notre-Dame foram cumpridas

Mundo | 14/06/2019 | 16:40 |

No dia seguinte ao incêndio que destruiu parcialmente a Catedral de Notre-Dame de Paris, a solidariedade parecia ter sensibilizado as maiores fortunas da França. No entanto, entre as promessas de doações que chegaram a € 850 milhões, apenas 9% foram cumpridas.

A informação foi revelada pela rádio France Info nesta sexta-feira (14). Segundo o Ministério da Cultura da França, as doações recebidas até o momento chegam a € 80 milhões.

O montante que chegou aos cofres das fundações que gerenciam o patrimônio francês corresponde a pequenas doações particulares, sob forma de cheques, transferências e até mesmo dinheiro vivo. Segundo a France Info, muitos doadores também decidiram recuar, ao perceberem o grande sucesso da mobilização em prol da catedral.

O ministro francês da Cultura, Franck Riester, tentou minimizar a situação, em entrevista ao canal France 2 nesta sexta-feira. "O que acontece é que pode haver pessoas que prometem, mas, no final, não realizam a doação. Mas, sobretudo - e isso é normal - as doações serão feitas progressivamente em função da evolução das obras", afirmou.

Doações "ainda são bem-vindas"

Riester sublinhou que a "onda de generosidade deve continuar" e que "as doações ainda são evidentemente bem-vindas". O ministro também explicou que grandes mecenas como as famílias Arnault e Pinault - que prometeram, respectivamente, € 200 milhões e € 100 milhões - querem saber o que será feito com o dinheiro que se engajaram a doar. Isso impede que o Estado possua o dinheiro antes que a reconstrução do monumento seja iniciada.

Entretanto, segundo Riester, as obras ainda não puderam começar porque a igreja ainda passa por trabalhos de segurança para evitar desmoronamentos. De acordo com o ministro, essa parte da reforma pode demorar semanas antes que a reconstrução da catedral seja iniciada.

Enquanto isso, os investigadores continuam a trabalhar sobre a causa do incêndio. A igreja e seus arredores continuam fechados para a frequentação. A primeira missa após a tragédia de 15 de abril será celebrada neste sábado (15) para um pequeno grupo de religiosos, em uma capela da Notre-Dame que não foi atingida pelas chamas.

| Fotos: Yves Herman/Reuters |
Conteúdo patrocinado abaixo
PUBLICIDADE
Grupo do Toledo News no WhatsApp
Receba as principais notícias do dia direto no seu celular.
INSCREVA-SE NA NOSSA NEWSLETTER E RECEBA AS PRINCIPAIS NOTÍCIAS POR E-MAIL
Celulares Xiaomi em promoção na RJK Shop de Toledo
Estilo Colonial está em novo endereço. Conheça os produtos do campo
Shawarma de Carne Bovina em promoção nesta terça-feira! Clique e confira
Humberto Gessinger se apresenta no Empório Santa Maria neste final de semana
Limpa Split Toledo: Limpeza e higienização de ar condicionado em 10x de R$ 17,09