Arcane Ato II: alguns personagens estão mudando, outros se transformando… mas todos se desenvolvendo


Foto: Toledo News

Mais três episódios se foram e o meu vício pela série pede por mais… Sempre mais. Arcane é para mim o que aquele líquido violeta é para alguns personagens. League of Legends (LoL) também pode ser considerado aquele líquido e os seus jogadores são esquisitos com suas mutações roxas. Nesse caso, eles também são revoltados. Mas vamos deixar os vícios de lado e focar na série, no Dia do Progresso. 

Depois de alguns anos após os acontecimentos do primeiro Ato, os personagens estão mais grandinhos e um pouco diferentes. Jinx virou Jinx, Dã. Jayce está se tornando o que eu imaginava, assim como Viktor (sempre desconfiei desses dois). Focando neles, eu "gostei" da separação de trabalho criado pela dupla de cientistas magos. Enquanto Viktor trabalhava muito, sofria por uma tosse carregada de sangue e se aproximava da sua morte, Jayce perguntava se o seu parceiro de pesquisa estava bem, se deitava com uma das conselheiras e brigava com Heimerdinger. Pô, briga com ele não.

 

Falando do Heimer, um yordle que, assim como os outros, é insuportável (dentro do jogo), eu senti pena dele. Quem diria que eu ficaria com dó de um personagem que, junto com Yumi, eu havia declarado ódio eterno. Não sei, ele não merecia aquele tratamento. Você viu as orelhas tristes dele se abaixando enquanto Jayce falava dele? Foi muita maldade. 

Além deles, outros personagens cresceram e mudaram, a Vi e a Caitlyn, por exemplo, estão começando sua parceria para pegar “o Gatilho Desenfreado”, como é chamada a Jinx, uma apoiadora do porte de arma que mata urubus inocentes. Entre tudo o que ela fez, matar o pobre pássaro foi longe demais. Onde estão as autoridades em uma hora dessas? Talvez no show do Imagine Dragons, afinal eles também estão em Zaun. Essa não é a primeira parceria entre a banda e o LoL.

Entre a aparição da manopla do infi… hextec, o Ekko (eu acho) usando uma máscara super descolada e outros fatos interessantes, como o reencontro entre as irmãs e a cena de ação que acontece logo em sequência, é apresentado um sábio ensinamento. O Singed, um cara mal, mas consciente, usa máscara e a utiliza da forma correta. No jogo, ele não aprendeu a tapar o nariz, mas pelo menos na série ele faz isso. Claramente uma evolução. Ele também deve usar álcool gel e evitar aglomerações.

Para o Ato III veremos a Vi com suas manoplas que não servem para estalar os dedos, mas sim, descer a porrada. Junto com ela, teremos o sem caráter, mais malhado, do Jayce. Dessa vez, ele estará martelando com seu martelão, uma clara referência a música brasileira do Bonde do Tigrão. Arcane é isso, é referência. Também veremos um rapaz cheio de tatuagem e que se pudesse apostar, eu diria que ele é um vilão e, nas horas vagas, trapper. As tatuagens em seu rosto não escondem os seus sonhos mais profundos.

A parte ruim de Arcane é que ela vai acabar e isso vai acontecer logo. Neste sábado, dia 20, teremos os últimos episódios da série. Em contrapartida, alguns dias após o fim da série, você terá uma nova coluna.

* As informações contidas nos artigos de colunistas, não necessáriamente, expressam a opinião do Toledo News.

Adiel Soares

Adiel Soares é do signo de Leão, um apreciador e pesquisador de JoJo e estudante de Jornalismo. Seus sonhos são simples: quer sempre aprender algo novo e deseja arrecadar dinheiro para, um dia, poder fazer o seu Transplante Capilar e parar de enriquecer a indústria farmacêutica do Minoxidil. Até conseguir isso, escreve alguns conteúdos sérios e importantes, já outros bem bobos. Mas e depois? Bom, isso ele quer descobrir enquanto mexe em seu tão sonhado cabelo longo.