Domingo, 26 de Maio de 2019 Fale Conosco Redação: (45) 9.9800-7080

Atletas de fim de semana tem oito vezes mais chances de infarto

Variedades | 15/03/2019 | 08:24 |
| Fotos: Notícias ao Minuto |
CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

Segundo a Sociedade Brasileira de Medicina do Exercício e Esporte, aproveitar apenas os dias de folga para cumprir toda a cota de exercícios recomendados para a semana pode não ser uma boa ideia. Embora seja melhor do que não praticar atividade física alguma, tornar-se um "atleta de fim de semana" pode ser altamente prejudicial para o seu coração e músculos.

De acordo com a Organização Mundial da Saúde, os adultos precisam fazer no mínimo 150 minutos de atividades físicas de baixa a média intensidade por semana ou pelo menos a metade desse tempo de atividades vigorosas, para assim, garantir melhor condicionamento físico. O cirurgião cardiovascular, Dr. Marcelo Sobral, explica que segundo diretrizes americanas, o ideal é manter uma freqüência de 30 minutos diários de exercícios físicos de qualquer intensidade para ter a saúde em dia e diminuir os riscos de eventos cardiovasculares e até cânceres.

"O problema com os atletas de fim de semana é justamente a falta de periodicidade nos exercícios, que pode aumentar em até oito vezes as chances de desenvolver doenças cardiovasculares, como arritmia e insuficiência cardíaca, ou mesmo de sofrer um infarto. Isso porque quando fazemos alguma atividade apenas uma ou duas vezes por semana, como correr, pedalar ou jogar bola, o coração não está preparado para a sobrecarga de esforço repentino. Já nos casos de uma rotina de treinos maior, o corpo adapta-se mais facilmente", afirma o especialista.

Para Sobral é fundamental que o esportista atente-se a intensidade, duração, frequência e modalidade do exercício para obter sucesso na rotina de treinos e mais qualidade de vida. "Uma boa dica é distribuir as atividades ao longo da semana, fazendo em média 30 minutos de atividade física, cinco vezes por semana, alternando a intensidade e diversificando o tipo de exercício, para estimular diferentes grupos musculares e evitar sobrecarga do coração e músculos", indica o cirurgião.

O especialista ressalta ainda que é importante buscar acompanhamento médico antes de iniciar uma rotina de exercícios e que os treinos devem ser orientados por um profissional habilitado. "Praticar exercícios no fim de semana, pode ser ótimo para aliviar o estresse da semana corrida e um grande incentivo para quem quer pegar o gosto por uma rotina saudável, mas a rotina de treinos será indispensável para obter qualidade de vida", conclui.

PUBLICIDADE
CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE
CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE
CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE
CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE
CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE
CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE
CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE
CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE
CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE
CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE
CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE
CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE
INSCREVA-SE NA NOSSA NEWSLETTER E RECEBA AS PRINCIPAIS NOTÍCIAS POR E-MAIL
Siga nosso Insta e veja notícias em tempo real.