Jantar marca o lançamento da 3ª Festa da Tilápia no Tacho de Ouro Verde do Oeste
 
Terça-Feira, 23 de Abril de 2019 Fale Conosco Redação: (45) 9.9800-7080

Brian Johnson pode estar de volta ao AC/DC

Fofocando | 30/01/2019 | 08:56 |
| Fotos: Notícias ao Minuto |
CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

O cantor britânico Brian Johnson, 71, está de volta ao grupo australiano AC/DC, e a banda, um dos maiores nomes da história do hard rock, pode estar preparando um novo álbum.

Ao menos é o que disse Sam Molina, vocalista do grupo americano Terrorrizer, expoente do grindcore (mescla de heavy metal e hardcore) formado nos anos 1980 e reunido em 2012.

"Nós encontramos Brian Johnson do AC/DC no aeroporto hoje e perguntamos a ele sobre os rumores de ele estar no novo álbum da banda. Ele disse que 'Sim' e que estava 'cansado de negar isso'", escreveu Molina no perfil da banda no Facebook.

À frente do AC/DC desde 1980, quando assumiu o vocal do grupo após a morte do cantor Bon Scott (1946-1980), Johnson tornou-se um dos cantores mais icônicos da história do rock, imprimindo seu timbre agudo e pouco usual em canções como "Back in Black".

Ele se afastou do grupo em 2016, após enfrentar problemas auditivos.

Naquele ano e em 2017, ele foi substituído em turnês do AC/DC por Axl Rose, vocalista do Guns N' Roses e fã do grupo liderado pelo guitarrista Angus Young, 63.

"A cada dia ficava mais difícil ouvir as guitarras e as notas no palco e eu estava basicamente seguindo minha memória muscular. E eu não gosto de trapacear", disse Johnson à época.

Nos últimos meses, contudo, começaram a surgir boatos de que Johnson estaria se aproximando do grupo novamente -o baterista Phil Rudd, que deixou a banda em 2015, também estaria de volta ao time.

Os músicos foram vistos juntos em um estúdio em Vancouver, Canadá, onde o AC/DC estaria preparando novo material -é o mesmo local onde o AC/DC gravou seus três últimos álbuns de estúdio, "Stiff Upper Lip" (2000), "Black Ice" (2008) e "Rock or Bust" (2014).

Especula-se que o guitarrista Malcolm Young -irmão de Angus e morto em 2017, aos 64 anos- possa ser substituído por Stevie Young, sobrinho dos dois. Com informações da Folhapress.

PUBLICIDADE
CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE
CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE
CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE
CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE
CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE
CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE
CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE
CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE
CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE
CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE
CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE
CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE
INSCREVA-SE NA NOSSA NEWSLETTER E RECEBA AS PRINCIPAIS NOTÍCIAS POR E-MAIL