Complicações decorrentes da Covid-19 tiram a vida de Rafael Schiavinato, filho de José Carlos Schiavinato


Foto: Divulgação

A madrugada desta terça-feira (21) foi marcada pela triste notícia do falecimento de Rafael Schiavinato, de 40 anos. Ele era filho do ex-deputado federal José Carlos Schiavinato. Rafael contraiu o Novo Coronavírus (Covid-19) e ainda no mês de junho precisou ser internado no Hospital Geral Unimed (HGU). Ele ficou por muitos dias na Unidade de Terapia Intensiva (UTI) daquele hospital.

Na última semana ele chegou a apresentar uma significativa melhora e voltou para a enfermaria, mas infelizmente sofreu um Acidente Vascular Cerebral (AVC) e posteriormente uma infecção generalizada e precisou ser entubado e teve de voltar a UTI, desta vez do Hospital Doutor Campagnolo. Depois de uma luta de mais de 80 dias contra o vírus, Rafael veio a falecer.

Rafael Schiavinato era engenheiro civil formado na Universidade Estadual de Londrina (UEL) e foi secretário de Habitação, Serviços e Obras Públicas no governo do ex-prefeito Lucio de Marchi (Progressistas).

Ano complicado para a família Schiavinato

O ano de 2021 não tem sido nada bom para a família Schiavinato. A mãe de Rafael, Marlene Schiavinato, lutava contra um câncer e contraiu a Covid-19, vindo a falecer no dia 12 de março. O seu pai, o ex-prefeito de Toledo, ex-deputado estadual e ex-deputado federal, José Carlos Schiavinato também foi acometido pela Covid-19 e teve a vida interrompida em 13 de abril. Rafael acompanhou toda a luta de seus pais em um hospital de Brasília-DF, enquanto o seu irmão Leandro também sofria com a doença.

Rafael deixa quatro filhos (três meninos e uma menina). O seu filho mais jovem nasceu esse ano enquanto ele estava hospitalizado. Os atos fúnebres de Rafael Schiavinato irão ocorrer na Catedral Cristo Rei a partir das 16h00 desta terça-feira.