Filme Eu Me Importo: O que é mais perigoso, uma mulher de cabelo curto, uma idosa ou um anão criminoso?


Por conta do pouco tempo que tenho, acabo não conseguindo escolher muito bem os conteúdos que assisto. Geralmente, eu não tenho muita coisa positiva para comentar sobre os filmes que tenho acesso. Em relação a produção ‘Eu Me Importo’, eu tenho algumas coisas para comentar. Sinceramente, não são boas e nem ruins, apenas são coisas.

A premissa da história é, de fato, boa, mas o que me fez assistir foi a protagonista Marla Grayson,  que é interpretada pela atriz Rosamund Pike. Depois de assistir o filme ‘Garota Exemplar’ eu gosto de acompanhar seu trabalho, pois, em determinado momento, acho que ela vai se rebelar e dominar o mundo através das suas manipulações.

Em ‘Eu Me Importo’, ela meio que faz isso. O problema é que ela foi mexer com o pessoal errado. Fica a lição, nunca tente enganar idosos. Eles são ardilosos. Aqui, ela é uma guardiã legal que gosta de ter sua “clientela” composta por idosos ricos e, de preferência, que não possuem contato com familiares.

Apesar da sua cara e atitude de pessoa que deve furar fila, e conduta padrão de todo psicopata, Marla é uma mulher forte. Isso é admirável, pena que ela usa isso, junto das suas falcatruas com o estado, para enganar as pessoas. Voltando para seu trabalho, quando ela fisga seu mais novo alvo, a idosa Jennifer Peterson (Dianne Wiest), com esse golpe "fácil" e por conta dessa senhora ser alguém muito rica, ela pensa que ganhou a vida. Uma coisa é fato, ela não tinha todos aqueles bens, jóias e dinheiro por conta da sua aposentadoria.

Minutos vão e minutos vem e a protagonista se firma como uma pessoa ruim. Em relação à idosa, é revelado que ela é a mãe de um criminoso, além de ser uma pessoa misteriosa e alguém boa de briga. Mesmo que alucinada por conta dos fortes medicamentos que estavam lhe obrigando a tomar e pelo tempo de sobra que ela deveria ter, a senhora aplica uma gravata que nem os lutadores mais fortes e habilidosos conseguiriam realizar. Falando do primogênito da senhora, Roman Lunyov (Peter Dinklage, também conhecido como o anão do Game Of Thrones), é um criminoso que, apesar da sua estatura, possui uma grande quantia de ódio. Sentimento até maior do que o  seu próprio tamanho deveria suportar.

Aqui chegamos ao momento da pergunta do título, qual desses três você preferiria enfrentar? Uma mulher que mantém seu cabelo sempre curto, que é muito inteligente e que é capaz de superar qualquer adversidade que possa atrapalhar seu objetivo, uma idosa rica e aposentada, mas que seus braços podem ser considerados como armas ou um anão muito bravo que possui uma barba de respeito e que fará de tudo para encontrar sua mãe e matar a saudade que tem dela?

Considerações finais: recomendo que assistam o filme. Ele tem uma ótima história de união e de conquistas, além de constantemente parecer que algum plot twist vai acontecer. De fato, eles acontecem. 

* As informações contidas nos artigos de colunistas, não necessáriamente, expressam a opinião do Toledo News.

Adiel Soares

Adiel Soares é do signo de Leão, um apreciador e pesquisador de JoJo e estudante de Jornalismo. Seus sonhos são simples: quer sempre aprender algo novo e deseja arrecadar dinheiro para, um dia, poder fazer o seu Transplante Capilar e parar de enriquecer a indústria farmacêutica do Minoxidil. Até conseguir isso, escreve alguns conteúdos sérios e importantes, já outros bem bobos. Mas e depois? Bom, isso ele quer descobrir enquanto mexe em seu tão sonhado cabelo longo.