O Atlético-MG e o seu ano mágico! Investimento bem feito foi sinal de resultado esportivo


Foto: Toledo News

O Atlético-MG teve um ano mágico em 2021! Um ano que briga com 2013, ano da conquista da Libertadores como o mais vitorioso de sua história. O time de 2021 é mais competitivo, mas o time de 2013 era mais sanguíneo e mais vistoso em alguns momentos. Bom, feita a referência vamos falar do time atual, já que não se trata de um texto de comparações.

O clube de Minas Gerais está investindo pesado em seu elenco pelo menos há dois anos e tamanho investimento também tem dado resultado dentro de campo. Uma equipe recheada de jogadores acima da média para o futebol brasileiro e sul-americano (Hulk; Diego Costa; Eduardo Vargas; Guilherme Arana; Zaracho; Nacho Fernández; dentre outros) aliado a um treinador consolidado como Cuca proporcionaram um futebol bonito e principalmente competitivo.

O ‘Galo’ demonstrou que iria brigar por todos os títulos da temporada desde o início do ano. Em um primeiro momento o futebol já era competitivo, mas não envolvente. A conquista do Campeonato Mineiro que parecia não ter adversário foi difícil e veio sem brilho.

Nas demais competições o melhor futebol começou a ser apresentado a partir do momento em que algumas contratações como Hulk, Nacho e Zaracho começaram a desempenhar o seu melhor jogo, principalmente Hulk, o melhor jogador do futebol brasileiro na temporada.

No Brasileirão o Galo sempre foi o time mais regular e que esteve mais forte na disputa. A equipe foi sólida e manteve a regularidade o ano todo e campanhas cambaleantes de Flamengo e Palmeiras também lhe garantiram mais tranquilidade. A conquista chegou após 50 anos de espera.

Na Copa do Brasil o Galo foi chegando sem grandes sustos. Se classificou para as semifinais sem grandes problemas, mas também sem tanto brilho. As grandes atuações vieram mesmo a partir das semifinais. Foram goleadas nos jogos de ida sobre Fortaleza e Athletico por 04 x 00 em casa e vitórias de 02 x 01 na casa dos oponentes. O Atlético-MG sobrou na reta final e mereceu mais essa conquista.

Na Libertadores a campanha foi ótima, porém esbarrou em jogos difíceis e com dois empates contra o competitivo Palmeiras. Eliminação na semifinal e de forma invicta. Ano mágico para o Galo e a demonstração de que o investimento quando é bem feito pode render os melhores resultados.

Para 2022 a tendência é de que os investimentos sigam altos e que o elenco seja ainda melhor, o que reforça a expectativa por mais um ano com o Atlético-MG entre os melhores times do Brasil e do continente. Flamengo e Palmeiras prometem se manter como os principais concorrentes. O Corinthians está se mexendo no mercado e pode ser uma nova força para a temporada 2022.

Por fim, é hora de falar brevemente sobre a torcida que lotou o Mineirão nos jogos decisivos do Brasileirão e Copa do Brasil e empurrou o time rumo às conquistas. A torcida do ‘Eu Acredito’ foi mais uma vez incrível e demonstrou ser uma das mais vibrantes e participativas do Brasil.

A força da torcida transbordou no dia da conquista do Campeonato Brasileiro, afinal não foram 50 segundos, 50 minutos, 50 horas, 50 dias, 50 semanas ou 50 meses. A espera foi de 50 anos e 50 anos demoram a passar.

* As informações contidas nos artigos de colunistas, não necessáriamente, expressam a opinião do Toledo News.

Kelvin Polasso

Kelvin Polasso é jornalista, formado em 2018 no Campus de Toledo do Centro Universitário FAG. Atualmente cursa marketing no Centro Universitário Uningá. No momento atua na área jornalística e tem experiência na cobertura de eventos esportivos em Toledo e no Paraná. Kelvin não esconde o seu amor, paixão e entusiasmo quando fala sobre esporte e também deixa evidente que torce pelo Grêmio, mas podem ficar tranquilos que quando houver alguma análise a sua ‘alma castelhana’ não irá pesar.