Porque a minha empresa precisa ter um site? Veja as respostas
 
Domingo, 16 de Junho de 2019 Fale Conosco Redação: (45) 9.9800-7080

Programa Criança Feliz será implantado no PR

Praná | 15/04/2019 | 11:54 |
| Fotos: Imagem: Divulgação |
CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE


O ministro da cidadania, Osmar Terra, estará em Curitiba na próxima quinta (18) para a implantação do programa Criança Feliz no Paraná – que terá no estado uma abordagem diferente do restante do país, com ampliação da faixa etária atendida e dos atendimentos oferecidos.

“O programa vai ajudar as famílias, principalmente as mais pobres, no estímulo do desenvolvimento das crianças em seus primeiros anos de vida, quando surge a maior parte das suas competências, e também na segunda infância”, diz o secretário da Justiça, Família e Trabalho, Ney Leprevost.

Lançado em 2016 pelo governo federal, o Criança Feliz integra ações nas áreas da saúde, assistência social, educação, justiça e cultura. O Paraná chegou a assinar a adesão ao programa em 2017, mas desistiu de sua execução no fim daquele ano por não conseguir colocá-lo em prática.

A nova adesão ao programa foi aprovada pelo Conselho Estadual de Assistência Social (Ceas), no fim de 2018. Os repasses de recursos para a supervisão, capacitação, contratação e remuneração dos visitadores são de responsabilidade do governo federal e a adesão dos municípios é voluntária. A previsão é levar o convênio a 240 municípios do estado.

O ponto central do Criança Feliz é a visita semanal de técnicos às casas das famílias de baixa renda para acompanhar e estimular o desenvolvimento das crianças até os três anos de idade. O programa atende também crianças de até seis anos afastadas do convívio familiar. Mas, no Paraná, será estendido para a chamada segunda infância, com atendimento a crianças de até 12 anos.

“Além do aspecto de saúde e assistência, a intenção desta ampliação é impactar também numa redução do número de adolescentes em conflito com a lei”, explica o diretor do Departamento de Assistência Social da Sejuf, Fernando Castellano. “Aqui no estado teremos convênios que possibilitarão criar ações de lazer e brincadeiras para crianças da comunidade nos municípios, com a implantação de brinquedotecas. Também estão previstos o acompanhamento de mães detentas e seus filhos no sistema prisional e a busca de parcerias com universidades para a inclusão de profissionais de enfermagem e de odontologia no atendimento às crianças”, completa o diretor.

No Paraná, a política de proteção à primeira infância receberá um importante reforço com o Criança Feliz. Ele vai se somar e agir em conjunto com, entre outros, a Força-Tarefa Infância Segura, que trabalha com ações de prevenção e repressão a crimes contra crianças. “A infância é prioridade máxima no governo Ratinho Júnior, assim como os idosos”, finaliza o secretário Ney Leprevost.

A cerimônia de lançamento do programa será quinta (18) às 10h, no Bosque São Cristóvão, bairro Santa Felicidade, em Curitiba.

PUBLICIDADE
CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE
CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE
CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE
CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE
CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE
CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE
CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE
CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE
CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE
CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE
CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE
CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE
INSCREVA-SE NA NOSSA NEWSLETTER E RECEBA AS PRINCIPAIS NOTÍCIAS POR E-MAIL