Rocket Barbearia: Mais do que um corte de cabelo, uma experiência
 
Quarta-Feira, 19 de Junho de 2019 Fale Conosco Redação: (45) 9.9800-7080

Seleção feminina arrasa Rússia e se recupera na Liga das Nações

Brasil | 24/05/2019 | 15:19 |
| Fotos: Notícias ao Minuto |
CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

Após sofrer sua primeira derrota na Liga das Nações, a seleção brasileira feminina se recuperou na noite desta quinta-feira ao impor contundente derrota à Rússia pelo placar de 3 sets a 0, com parciais de 25/15, 25/17 e 25/14. O duelo marcou a despedida da equipe em Brasília, onde a seleção disputou seus três primeiros jogos na competição.

O saldo foi positivo: duas vitórias e uma derrota, para a República Dominicana, na quarta. O primeiro triunfo foi sobre a China, atual campeã olímpica. Nesta Liga das Nações, que substituiu o Grand Prix a partir do ano passado, o técnico José Roberto Guimarães não pode com várias jogadoras titulares, casos de Thaísa, Adenizia, Dani Lins. Elas pediram dispensa por diversos motivos, a maior parte por conta de desgaste físico.

Sem elas, Zé Roberto vem contando com a liderança de Gabi e com o brilho de Paula Borgos, maior pontuadora da partida desta quinta. Ela anotou 17 pontos e teve a companhia de Mara, com nove. Pelas russas, o destaque foi Margarita Kurilo, responsável por 12 pontos.

Nesta quinta, o treinador escalou a equipe sem mudanças em relação ao revés de quarta: Macris, Paula Borgo, Mara, Bia, Gabi, Amanda e a líbero Leia. Paula começou a se destacar logo nos primeiros pontos no set inicial, quando fazia estrago na defesa russa. Com facilidade, o Brasil abriu 9/4 no placar e não teve problemas para aumentar a vantagem até fechar a parcial.

O segundo set foi o mais equilibrado da partida. A Rússia chegou a fazer 6/3. As brasileiras só equilibraram quando empataram em 10/10. Daí em diante, as anfitriãs assumiram novamente o controle da partida e fecharam o set. Na última parcial,

Na próxima semana, a segunda da competição, o Brasil voltará à quadra contra a Holanda, na terça-feira, na cidade holandesa de Apeldoorn. Na sequência, os adversários serão a Polônia, no dia seguinte, e a Bulgária, na quinta, dia 30, também em solo holandês.

PUBLICIDADE
CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE
CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE
CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE
CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE
CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE
CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE
CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE
CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE
CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE
CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE
CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE
CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE
INSCREVA-SE NA NOSSA NEWSLETTER E RECEBA AS PRINCIPAIS NOTÍCIAS POR E-MAIL