Corpo de Bombeiros detalha danos causados pelo temporal da última noite em Toledo


Foto: Adiel Soares - Toledo News

Ao sair pelas ruas de Toledo, os transitantes se depararam com um cenário semi apocalíptico causado pela forte chuva que chegou na região. Galhos, folhas e, até mesmo, árvores estão presentes em quase todas as vias e, até o momento, os Bombeiros de Toledo já registraram aproximadamente 20 quedas de árvores e cerca de 25 pedidos de lonas referentes a casos de destelhamentos.

A chuva começou logo no início da madrugada de hoje, por volta das 00h00, e apesar da grande quantidade de incidentes, nenhuma ocorrência com vítima foi registrada. "Somente na cidade de Toledo foram registradas algo em torno de 20 quedas de árvores. Além disso, também tiveram mais ou menos 25 destelhamentos com pedidos de lona. Todos esses casos foram sem vítimas, sendo apenas danos materiais”, declara Gilson Ferri, aspirante a oficial.

Para quem teve sua residência danificada e precisa de lonas para cobrir seus móveis, elas podem ser retiradas diretamente na sede do Corpo de Bombeiros de Toledo, localizada na Avenida Parigot de Souza, Nº 3.941, no Jardim Santa Maria. Em caso de urgências, o atendimento pode ser solicitado através do telefone 193.

Ferri explica que as lonas devem ser usadas apenas na proteção dos móveis, não nos telhados. “É importante frisar que essas lonas são entregues para cobrir os móveis e não, de fato, o telhado. Normalmente, nesses casos a pessoa acaba subindo no telhado e isso pode causar um acidente, pois ele pode estar escorregadio. As lonas não são destinadas para cobrir o telhado, justamente para que não ocorram outros acidentes”, destaca.

Corte e remoção de árvores

Para ocorrências que envolvem corte, poda ou remoção de árvores, elas ocorrem conforme a demanda e a necessidade existente no momento. “Nesses atendimentos, é levado em consideração, principalmente, a gravidade de cada caso. Como diversas equipes estão em atendimento, nós damos prioridade aos fatos que possam causar algum risco a casas e para casos onde a rua está obstruída”, comenta Ferri.

Também foi informado que, nesse momento, as equipes dos bombeiros estão trabalhando na remoção dessas árvores que caíram. 

Previsão do tempo

Para essa quinta-feira (14), de acordo com a previsão do tempo disponibilizada no site do Sistema de Tecnologia e Monitoramento Ambiental do Paraná (Simepar), a quinta-feira ainda possui 68,00% de probabilidade de chuva, com o ventos de, aproximadamente, 23 quilômetros por hora e uma umidade relativa do ar que deve variar de 45,00% a 83,00%.

Ainda conforme o Simepar, existem fortes indicativos da ocorrência de chuva nas regiões Oeste, Sudeste e Noroeste do Paraná, podendo, até mesmo, se elevar para temporais.