Rocket Barbearia: Mais do que um corte de cabelo, uma experiência
 
Quarta-Feira, 19 de Junho de 2019 Fale Conosco Redação: (45) 9.9800-7080

Seminário debate implantação da Libras no ensino regular

Toledo | 24/05/2019 | 09:56 |
| Fotos: Divulgação |
CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

Nesta semana está sendo realizado no Auditório da Universidade Tecnológica Federal do Paraná (UTFPR) o II Seminário Sobre os Percursos da Libras e a Educação Bilíngue Para Surdos. São palestras e debates ministrados por professores da área de Libras de cidades como Guarapuava, Maringá, Marechal C. Rondon e Curitiba. As discussões são feitas entre surdos e ouvintes por intermédio de intérpretes, com participação da comunidade acadêmica, profissionais da área e interessados no assunto.

 Durante a manhã desta quinta-feira (23) o principal assunto debatido foi sobre implementar o ensino regular com a Libras, de modo gradual até que se torne bilíngue. Neste sentido, a Secretaria Municipal de Educação (SMEL) apresentou a proposta do projeto da “escola de inclusão”, que visa dar todo o suporte para que alunos surdos e ouvintes possam estar integrados com mínima barreira de comunicação.

 A Diretora do Departamento de Ensino da SMEL, e integrante da equipe de organização do evento, Elissiane Zen do Amaral, foi uma das que estiveram à frente dos debates. Ela explica que a Escola Municipal Antonio Scain é a que vai receber a implantação do projeto. “O município tem avançado sem medir esforços para concretizar essa proposta. Estamos planejando toda a reestruturação do Projeto Político Pedagógico da escola e a implantação da Libras como uma disciplina comum a todos os alunos. Também pretendemos incluir a Sala de Recurso Multifuncional - Surdez junto com o Núcleo de Atendimento Educacional Especializado”.

 Elissiane acrescenta que em breve será anunciado um novo edital de concurso com os cargos de professores bilíngues já regularizados. O objetivo é prover as escolas com estes e outros cargos que são de extrema necessidade para a rede municipal de educação.

 As intérpretes de Libras da Unioeste, Denise Dumke e Joice Silveira, estiveram no seminário e mediaram os debates entre os participantes. Para elas, a criação da lei do intérprete de Libras, bem como as graduações de Letras-Libras, estimularam o interesse das pessoas sobre o assunto. “Encontros como este são importantes, pois interagir com pessoas de outras cidades, sobretudo os surdos, possibilita que aprendamos novas palavras e sinais. Por ser uma outra língua o estudo precisa ser constante”.

 A professora de Linguística da Universidade Federal da Grande Dourados, Fernanda Martins de Brito, explica que a lei que reconhece a Libras como um idioma oficial do Brasil foi crucial para a comunidade surda. “Nós surdos temos cada vez mais nos preocupado em envolver os ouvintes nas discussões acerca da educação surda. É preciso fazer muitas discussões sobre isso, já caminhamos muito desde essa lei de 2002, mas ainda precisamos continuar lutando por mais acessibilidade e fazer valer nossos direitos”.

 Para Elissiane a importância do tema vai além da legislação, trata-se de uma questão social. “É preciso que os surdos e ouvintes convivam juntos, neste sentido estamos planejando fomentar essa ideia com as famílias dos alunos. É nesse ritmo que nós da Secretaria de Educação vamos tentar conduzir os trabalhos”.

 As atividades de encerramento do seminário serão no período da tarde da sexta-feira (24) com uma mesa-redonda sobre “Ensino da língua portuguesa e matemática para surdos”, com Tânia Martins (Unioeste/Toledo), Jorge Bidarra (Unioeste/Cascavel) e Luiz Renato Martins da Rocha (UTFPR/Cornélio Procópio). A partir das 16 horas terá uma apresentação cultural do Curso de Libras da Unioeste e exposição de materiais.

 
PUBLICIDADE
CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE
CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE
CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE
CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE
CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE
CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE
CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE
CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE
CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE
CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE
CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE
CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE
INSCREVA-SE NA NOSSA NEWSLETTER E RECEBA AS PRINCIPAIS NOTÍCIAS POR E-MAIL