Colonoscopia, o que é e quando fazer?


Foto: Toledo News

A colonoscopia é realizada através de um aparelho chamado colonoscópio, trata-se de um tubo fino e flexível, medindo 165 cm, com uma microcâmera acoplada em sua extremidade que tem como intuito filmar o interior do intestino grosso e o final do intestino delgado (íleo terminal), capturando imagens em tempo real, além de poder coletar biópsias e remover tecidos suspeitos, como pólipos. 

Quando fazer este exame?

A colonoscopia é indicada para identificar causas de sangramento nas fezes, avaliar uma diarreia crônica, diagnosticar doenças inflamatórias intestinais do cólon como retocolite ulcerativa e doença de Crohn, investigar causas de anemia de origem desconhecida e também é indicada a todos os pacientes acima de 50 anos para rastreio de câncer de cólon.

Como é feito o preparo?

Para que se possa avaliar todo o intestino grosso é necessário que ele esteja limpo, ou seja, sem fezes, então nas 48 horas que antecedem o exame é necessário iniciar este preparo. O paciente adota uma dieta leve e toma remédios com efeito laxante. Um dia antes, as refeições se tornam mais restritas, sem alimentos gordurosos e proteínas animais e com alimentos de fácil digestão. Já nas 24 horas que antecedem o exame, está indicada uma dieta líquida, para que não sejam produzidos resíduos no intestino grosso e introduzem-se os medicamentos laxativos, é indicada a ingestão de uma solução a base de Manitol que ajuda na limpeza do intestino. Existem alguns medicamentos que devem ser suspensos antes do exame, como AAS e anticoagulantes.

Como é feito o exame?

Com o paciente sedado, o colonoscópio é introduzido pelo ânus, o médico injeta ar no intestino para melhorar a visualização, todo o processo é indolor e tem média de duração de 20 a 60 minutos.

A recuperação do exame de colonoscopia requer repouso durante o restante do dia e é fundamental que o paciente venha acompanhado. É fortemente desaconselhável que o paciente faça tomada de decisões, ingira bebidas alcoólicas, dirija ou opere máquinas pesadas após realização deste exame.

Doutor Leandro Faé

CRM – PR 36.049

Clínica Endogastro Toledo

Cirurgia Geral pelo Hospital Felício Rocho – Belo Horizonte-MG

Endoscopia Digestiva pela Faculdade Suprema – Juiz de Fora-MG

* As informações contidas nos artigos de colunistas, não necessáriamente, expressam a opinião do Toledo News.

Dr. Leandro Faé

Dr. Leandro Faé
CRM – PR 36.049

CLÍNICA ENDOGASTRO TOLEDO
Cirurgia Geral pelo Hospital Felício Rocho – BH/MG
Endoscopia Digestiva pela Faculdade Suprema – JF/MG
Instagram: @drleandrofae

Converse com Dr. Leandro Faé no WhatsApp
(45) 9.9821-2181