Semana do Migrante homenageia cultura nordestina e venezuelana


Foto: Gi Costa

A quinta- feira (20/06)foi de muito arrasta pé com a oficina gratuita de Forró Pé de Serra que aconteceu na Embaixada Solidária. A atividade é um desdobramento da ação da comissão de cultura da UTFPR – Campus Toledo, ministrada voluntariamente pelo Beto Oliveira e auxiliada pelo projeto Lado B do Forró, de valorização a cultura do forró pé de serra. A oficina promoveu de forma divertida a integração sociocultural e a disseminação do forró, um dos patrimônios culturais imateriais brasileiros. Além de apreciar a música, os participantes brasileiros e migrantes de todas as idades, praticaram os passos básicos da dança, valorizando sempre o respeito mútuo entre si e se suas diferentes raízes culturais.  


Em seguida, aconteceu mais uma noite de partilha culinária, dessa vez com a gastronomia venezuelana em foco. Foram servidas arepas salgadas, recheadas com carne, frango ou feijão, acompanhadas de um tradicional chá venezuelano chamado Papilon. As arepas são deliciosas massas de pão feito com milho moído ou com farinha de milho pré-cozido, que podem ser fritas ou assadas e também são muito populares na Bolívia, Colômbia e Panamá. Já o papilon, é um chá a base de melado ou rapadura com toque de limão.

As atividades continuam nessa sexta-feira (21/06) com oficina de graffiti para crianças a partir das 14h30 e cineclube Cine Céu Aberto às 19h00 com exibição de filmes nacionais. O final de semana também promete bastante agitação com o Arraiá do Mundo Todo, sábado (22/06) a partir das 14h00 e partilha culinária cubana no domingo (23/06) seguida de oficinas cultural e esportiva.
Acesso a programação completa em https://www.instagram.com/p/C8FutTaPXQz/?igsh=MWpiZG9weDBjanYwdw==

Últimas notícias