Sombra Lunar - Um filme sobre fidelidade


Recentemente, pude reassistir o filme Sombra Lunar, um longa metragem que fala sobre viagem no tempo, a negligência paterna e a fidelidade do homem. Esse último ponto não se destaca apenas em seu romance, mas também em seu trabalho.

Sombra Lunar é um filme de mistério e ficção científica, que aborda o tema da viagem do tempo e a constante capacidade de errar e desempenhar um trabalho não tão bem produtivo assim. Nele, acompanhamos a jornada do policial Thomas Luckhart, um homem que, com o passar do tempo, para de se preocupar com o tamanho da barba, do cabelo e da barriga, assim como todo ciclo de vida de um ser humano mentalmente saudável deveria ser.  

No início do filme, Thomas se depara com algumas situações marcantes em sua vida, como uma aposta que ele venceu de um amigo (todos sabem que isso é muito gratificante) e o falecimento da sua mulher, que morreu durante o parto. Nesse meio tempo algumas mortes bizarras acontecem. Elas forçam o protagonista a trabalhar em algo que claramente ele não é tão bom assim. Talvez sua ideia era apenas comer e dirigir.

Agora, essa data representa algumas coisas para o Thomas. A morte da sua esposa, o nascimento/aniversário da sua filha, a lembrança das mortes e, a pior de todas, ele lembra que precisa trabalhar. A cada 9 anos uma assassina aparece e ele precisa parar tudo que estiver fazendo, incluindo os salgadinhos de festa e o cancelamento da visita ao zoológico, para falhar durante a tentativa de prisão da assassina. Se ao menos Thomas lembrasse de ter vencido a aposta, suas dores poderiam levemente ser amenizadas.

A história mostra o processo de envelhecimento do protagonista que, conforme o tempo passa, mais fiel ao seu trabalho mal feito ele se torna e, claro, mais fiel ao luto da sua esposa.

Se pensa que o foco do filme é a viagem no tempo você se engana, pois se fosse isso era melhor ter dedicado seu tempo para assistir o especial Pós-Covid de South Park. Aqui o longa é sobre fidelidade. Thomas foi fiel do início ao fim à sua mulher, à negligência da sua filha e ao trabalho mal executado. Não basta ser ruim, precisa ser constante, ser fiel.

* As informações contidas nos artigos de colunistas, não necessáriamente, expressam a opinião do Toledo News.

Adiel Soares

Adiel Soares é do signo de Leão, um apreciador e pesquisador de JoJo e estudante de Jornalismo. Seus sonhos são simples: quer sempre aprender algo novo e deseja arrecadar dinheiro para, um dia, poder fazer o seu Transplante Capilar e parar de enriquecer a indústria farmacêutica do Minoxidil. Até conseguir isso, escreve alguns conteúdos sérios e importantes, já outros bem bobos. Mas e depois? Bom, isso ele quer descobrir enquanto mexe em seu tão sonhado cabelo longo.