Temporal também causou danos em municípios da região


Foto: Internauta e Prefeituras de Assis Chateaubriand - Palotina - Cafelândia

O temporal registrado na madrugada desta quinta-feira (14) não causou danos apenas em Toledo. Vários municípios da região também apresentaram situações semelhantes, como a queda de árvores, destelhamento de casas, bloqueio de ruas e falta de energia elétrica.

Cidades como Assis Chateaubriand, Palotina, Foz do Iguaçu, Jesuítas, Cafelândia, Céu Azul e outras foram impactadas com a situação e as fortes rajadas de vento. Em Toledo os ventos chegaram a 86 km/h, enquanto cidades vizinhas chegaram a registrar 87 km/h. Em Assis Chateaubriand os ventos chegaram a 100 km/h, enquanto em Palotina foi observada a maior velocidade, chegando aos 101,50 km/h.

 

Durante a manhã e também no decorrer do dia as prefeituras dos municípios da região Oeste se mobilizaram através das secretarias competentes para o levantamento dos dados e organização das cidades. A Defesa Civil e o Corpo de Bombeiros também se mobilizaram para a entrega de lonas e desobstrução das vias. 

Em Foz do Iguaçu pelo menos 30 árvores caíram e oito casas ficaram destelhadas. A situação foi parecida em Cafelândia, que também teve casas destelhadas e quedas de árvores, inclusive em rodovias. Outra cidade impactada foi Assis Chateaubriand, que já havia enfrentado problemas com um temporal nas últimas semanas.

Jesuítas foi uma das cidades mais impactadas com várias situações de destelhamento e queda de árvores, mas o que mais chamou à atenção foi o frigorífico da Copacol no município, que teve uma torre totalmente retorcida e o destelhamento de alguns barracões. Aviários e outros barracões também foram atingidos na cidade. No momento, Jesuítas encontram-se com problemas como a falta de água e de energia elétrica.

A Companhia Paranaense de Energia (Copel)  e a Companhia de Saneamento do Paraná (Sanepar) informaram que estão trabalhando para o restabelecimento da energia elétrica e da água nos municípios afetados pelo temporal. Algumas cidades registraram a falta de energia e de água nesta quinta-feira. Em Toledo a situação também foi verificada em alguns bairros.

O comunicado das duas companhias ressalta que várias torres foram derrubadas com a força do vento. Somente entre Jesuítas e Umuarama oito torres de alta tensão caíram. Algumas árvores também ficaram sobre os fios da rede elétrica. A Copel convocou equipes de outras regiões para que possam contribuir no trabalho de reconstrução das torres e da rede elétrica.